Home > Para Profissionais da Saúde > Novidades > Clipping > Campanha nacional vacina contra o HPV

Campanha nacional vacina contra o HPV

09-03-2015

A partir de hoje, meninas de nove a 11 anos podem se vacinar, de graça, contra o HPV, vírus responsável pela doença sexualmente transmitida mais comum no mundo e tumores benignos e malignos.

É necessário que as meninas levem a Carteira de Vacinação ou a Caderneta de Saúde da Adolescente, além da autorização dos pais no caso de vacinação em escolas. Nos postos de saúde, a menina deve ir acompanhada de um responsável. A segunda dose da vacina será aplicada em setembro, seis meses após a primeira. A terceira dose deverá ser aplicada após cinco anos.

Em 2014, meninas de 12 a 14 anos receberam a dose. Quem não tomou a segunda dose da vacina no ano passado pode fazer agora.

 

ALGUMAS DÚVIDAS
O QUE SIGNIFICA HPV?
-É a sigla em inglês para Papiloma Vírus Humano, vírus que causa a doença sexualmente transmitida mais comum no mundo, causando tumores. Existem mais de cem tipos de HPV, sendo que 16 têm potencial para causar câncer.
QUEM TEM HPV TERÁ CÂNCER?
-A maioria não. A infecção pelo HPV é muito frequente, mas costuma ser transitória. 

Entre 60% e 70% dos casos, as pessoas eliminam o vírus espontaneamente.
A VACINA PROTEGE CONTRA TODOS OS TIPOS DE HPV?
-Não. Protege contra quatro tipos, dois capazes de provocar câncer e dois relacionados a verrugas. Os tipos cobertos pela vacina estão presentes em 70% dos casos de câncer do colo do útero.
COMO É FEITA A VACINA?
-Por injeção intramuscular.
QUEM FAZ A VACINA PODE DEIXAR DE FAZER O PAPANICOLAU?
-Não. A vacinação é uma ferramenta de prevenção primária e não substitui o rastreamento do câncer de colo do útero em mulheres entre 25 e 64 anos.
A CAMISINHA PROTEGE CONTRA O HPV?
-Nem sempre. O HPV pode estar em locais em que a camisinha não alcança, como o saco escrotal.

Veículo
Zero Hora

Todos os clippings

Dados de Atendimento
Fone (51) 3217-2002
Av. Ipiranga, 1801 - Porto Alegre/RS - como chegar

Horário de Visitas
Unidade de Tratamento Intensivo - UTI 8 andar: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 10h às 10h30min (leitos pares); Horário: das 16h às 16h30min (leitos ímpares).

Emergência: Um visitante por paciente. Horário das 11h às 11h20min (leitos pares); Horário: das 15h30min às 15h50min (leitos ímpares).

Unidade de Internação, pacientes COVID 19(suspeita ou confirmado) e Unidade de Cuidados Especiais - UCE: Visitas Suspensas.