Home > Para Profissionais da Saúde > Novidades > Clipping > Governo garante serviço aeromédico para emergências

Governo garante serviço aeromédico para emergências

Secretário afirma que contrato com empresa terceirizada não será renovado

30-01-2015

Não haverá desativação do atendimento aeromédico realizado pelo governo do Estado, garantiu nesta quinta-feira, em Brasília, o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo. O Estado, porém, não irá renovar o contrato terceirizado feito por meio da Prefeitura de Imbé da equipe de 15 profissionais de saúde, entre médicos e enfermeiros. O grupo atua no serviço, executado por meio do helicóptero da Brigada Militar (BM) e aviões da Uniair (empresa da cooperativa Unimed). O trabalho passará a ser feito por funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) vinculados ao Estado e a municípios. “Tudo será mantido”, garantiu o secretário. 

O contrato com a empresa terceirizada vence neste semestre. Na manhã desta sexta-feira, Gabbardo terá reunião na secretaria com especialistas da BM em transporte aéreo. Será examinada a questão dos dois helicópteros adquiridos pelo Estado por R$ 26 milhões no ano passado que ainda não saíram dos EUA. “Não sabemos qual será a destinação e uso das aeronaves. Elas não têm seguro e exigirão 12 pilotos, ou seis por helicóptero, entre plantões e folgas”, disse.

O presidente do Sindicato Médico (Simers), Paulo Argollo Mendes, não vê necessidade de o Estado ter os novos helicópteros destinados à saúde. “Ambos seriam mais interessantes à BM e poderiam atender à saúde em caso de emergência. A estrutura atual é suficiente. Se fossem retiradas as ambulâncias, aí o caso seria grave”, diz ele. 

Atualmente, o único helicóptero encontra-se na base de Capão da Canoa e trabalha na Operação Golfinho. O subcomandante do Batalhão de Aviação da BM, major Carlos Franck Simanke, acrescenta que, fora do Litoral, a aeronave atua em operações de policiamento ostensivo, policiamento rodoviário, acidentes e remoção intermunicipal.

Veículo
Correio do Povo

Todos os clippings

Dados de Atendimento
Fone (51) 3217-2002
Av. Ipiranga, 1801 - Porto Alegre/RS - como chegar

Horário de Visitas
Unidade de Tratamento Intensivo - UTI 8 andar: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 10h às 10h30min (leitos pares); Horário: das 16h às 16h30min (leitos ímpares).

Emergência: Um visitante por paciente. Horário das 11h às 11h20min (leitos pares); Horário: das 15h30min às 15h50min (leitos ímpares).

Unidade de Internação, pacientes COVID 19(suspeita ou confirmado) e Unidade de Cuidados Especiais - UCE: Visitas Suspensas.