Home > Para Profissionais da Saúde > Novidades > Clipping > Estudo faz relação entre uso de medicamentos diários e demência

Estudo faz relação entre uso de medicamentos diários e demência

Soníferos, antidepressivos, medicamentos cardiovasculares e gastrointestinais, além de relaxantes musculares podem provocar a doença

29-01-2015

Uma nova pesquisa da Universidade de Washington afirma que há ligação entre medicamentos diários e demência. Segundo os cientistas, tomar anticolinérgicos — que abrangem os anti-histamínicos, soníferos, antidepressivos, medicamentos cardiovasculares e gastrointestinais, além de relaxantes musculares — em altas doses ou por um longo tempo pode aumentar significativamente o risco de desenvolver Alzheimer e outras demências.

— Se os médicos prescrevem uma medicação com efeitos anticolinérgicos, significa que é a melhor terapia para o seu paciente. Eles devem indicar a menor dose eficaz, monitorar a terapia regularmente e interromper o tratamento se é ineficaz — disse Shelly Gray, responsável pelo estudo.

Os pesquisadores dizem que, em média, as pessoas mais velhas tomam entre quatro e cinco medicamentos prescritos e dois remédios por conta própria a cada dia. Eles afirmam que os medicamentos são uma parte importante da assistência médica para os idosos. No entanto, são mais sensíveis aos efeitos de muitos comprimidos, incluindo anticolinérgicos, que bloqueiam o neurotransmissor acetilcolina — e, portanto, agem sobre o sistema nervoso.

Participaram do estudo 3,5 mil idosos. Os medicamentos mais utilizados durante a pesquisa foram antidepressivos, anti-histamínicos e os que evitam a incontinência urinária (oxibutinina).

As pessoas que tomavam pelo menos 10 miligramas por dia de antidepressivos, 4 de anti-histamínicos ou 5 de oxibutinina por mais de três anos apresentaram maior risco de desenvolver demência. Segundo os pesquisadores, quanto maior o uso de medicamentos anticolinérgicos, maior o risco de desenvolver a doença.

— Os adultos mais velhos devem estar cientes de que muitos medicamentos, incluindo alguns disponíveis sem receita médica, têm fortes efeitos anticolinérgicos, disse Gray.

Veículo
SIS Saúde

Todos os clippings

Dados de Atendimento
Fone (51) 3217-2002
Av. Ipiranga, 1801 - Porto Alegre/RS - como chegar

Horário de Visitas
Unidade de Tratamento Intensivo - UTI 8 andar: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 10h às 10h30min (leitos pares); Horário: das 16h às 16h30min (leitos ímpares).

Emergência: Um visitante por paciente. Horário das 11h às 11h20min (leitos pares); Horário: das 15h30min às 15h50min (leitos ímpares).

Unidade de Internação, pacientes COVID 19(suspeita ou confirmado) e Unidade de Cuidados Especiais - UCE: Visitas Suspensas.