Home > Para Profissionais da Saúde > Novidades > Clipping > Ministério da Saúde promove criação de novos leitos para transplante

Ministério da Saúde promove criação de novos leitos para transplante

Expectativa é triplicar o número de leitos já existentes, passando de 88 para 250

14-01-2015

Novos leitos para transplante de medula óssea vão estar disponíveis no SUS até 2016. Com isso, aumenta a possibilidade para a realização de mais cirurgias. A expectativa do Ministério da Saúde é triplicar o número de leitos já existentes, passando de 88 para 250. A diretora substituta de Atenção Hospitalar do Ministério da Saúde, Inez Gadelha, explica que o aumento no número de leitos diminui o tempo de espera para a realização desse tipo de transplante. "Vai ter um acesso mais ágil a um leito para esse tipo específico de transplante, que é o mais complexo de todos e o mais, vamos dizer, com mais risco de complicação".

Como atualmente os 88 leitos em funcionamento para transplante de medula óssea no país estão localizados em apenas oito estados, muitos pacientes precisam ir a outra cidade para se submeterem ao procedimento. A diretora Inez Gadelha explica que a ideia do Ministério da Saúde é estimular novos hospitais para fazer esse tipo de transplante. "Ao ampliarmos a criação de leitos faz com que certamente outros hospitais se habilitem para transplante e, com isso, os doentes passem a ter hospitais mais perto da sua residência e não precisem sair para lugares distantes. Por exemplo, estar no Ceará e ter de sair para o Rio Grande do Sul. Então, facilita a vida nesse sentido".

Além de aumentar o número de leitos para transplante de medula óssea, o Ministério da Saúde também irá garantir a criação e a qualificação da equipe de atendimento, a aquisição de equipamentos e materiais, além de permitir a reforma ou construção dos Centros de Transplantes, hoje com 27 unidades.

Veículo
SIS Saúde

Todos os clippings

Dados de Atendimento
Fone (51) 3217-2002
Av. Ipiranga, 1801 - Porto Alegre/RS - como chegar

Horário de Visitas
Unidade de Tratamento Intensivo - UTI: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 10h às 10h30min (leitos pares UTI); Horário: das 16h às 16h30min (leitos ímpares UTI).

Emergência: das 11h às 11h20min.

Unidade de Internação: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 16h às 17h.

Unidade de Cuidados Especiais - UCE: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 9h às 9h30min.