Home > Para Profissionais da Saúde > Novidades > Clipping > Hospital de Clínicas realiza ação de conscientização sobre AVC

Hospital de Clínicas realiza ação de conscientização sobre AVC

A cada cinco minutos, um brasileiro morre em decorrência do Acidente Vascular Cerebral

24-10-2014

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a segunda causa de morte em todo o mundo e a primeira no Brasil. Também é a principal causa de incapacidade em todo o mundo. No Brasil, cerca de 400 mil pessoas têm um AVC a cada ano e a cada cinco minutos um brasileiro morre em decorrência do AVC. A boa notícia é que quase 90% dos casos podem ser prevenidos. Por isso, no dia 29 de outubro, Dia Mundial do AVC, o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) fará uma ação para conscientizar a população a respeito dos fatores de risco do AVC. As atividades iniciam às 10h e seguem até as 16h, na Unidade Móvel Covidien, que ficará em frente ao Ambulatório do HCPA. Será montado um toldo com uma bancada, onde profissionais irão aferir os fatores de risco (pressão alta, circunferência abdominal, peso e altura). Já os profissionais da saúde vão receber informações sobre os sintomas, primeiros cuidados no atendimento e opções de tratamento.

Além da aferição dos fatores de risco, a população também poderá assistir as palestras que acontecem de manhã e à tarde. Elas serão ministradas por profissionais do Clínicas e abordam assuntos como fatores de risco, prevenção, cuidados com o familiar que teve AVC e o cuidado multiprofissional do paciente no pós-AVC. “A prevenção é muito importante quando falamos em AVC. Ele é em grande parte evitável por meio da melhora do estilo de vida, mas para isso as pessoas precisam de informação”, afirma a neurologista do HCPA Sheila Martins, que também é presidente da Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares e representante da WSO no Brasil.

Recentemente foi realizado em Istambul o 9º Congresso Mundial de AVC. Nele, Sheila mostrou o impacto da modificação no atendimento do AVC nos pacientes do HCPA, com resultados excelentes. O hospital é visto como modelo para o país e fora dele. Também no congresso foi lançada a Declaração Global dos Direitos dos Sobreviventes de AVC. O documento identifica os cuidados que são importantes e foi elaborado por um grupo de sobreviventes de AVC e cuidadores de cada região do mundo, entre eles uma Associação de Pacientes de Porto Alegre, chamada “Amor, Vida, Cuidado”, que representou o Brasil.

Mulheres e o AVC

As mulheres têm uma mortalidade por AVC maior do que os homens. Seis em cada dez mortes por AVC ocorrem em mulheres, em grande parte devido ao AVC na idade mais avançada. Alguns dos principais fatores de risco para o AVC tendem a ocorrer mais frequentemente em mulheres, como hipertensão, diabetes, enxaqueca com aura visual, depressão e obesidade. Além disso, outros fatores de risco do AVC são específicos de mulheres, como a gravidez, pré-eclâmpsia, o uso de pílulas anticoncepcionais, reposição hormonal após a menopausa, alterações hormonais e diabetes gestacional. Por isso, uma em cada cinco mulheres está sob risco de AVC. Entre os homens, a estatística é de um em cada seis. As mulheres também tendem a ter piores resultados pós-AVC do que homens. Elas têm um declínio cognitivo mais grave, uma maior probabilidade de institucionalização, e um maior risco de depressão pós-AVC.

Serviço

O quê: Ação de conscientização no Dia Mundial do AVC
Quando: dia 29 de outubro, das 10h às 16h
Onde: em frente ao Ambulatório do HCPA

Palestras

10h30 - 11h - "O que é o AVC, fatores de risco e como prevenir", com Gustavo Weiss.
11h30 - 12h - "Cuidando do familiar com AVC em casa", com Magda Perez.
12h - 12h30 - "Cuidado multiprofissional do paciente no pós-AVC", com a equipe multiprofissional da UCE-AVC do HCPA.
13h30 - 14h - "O que é o AVC, fatores de risco e como prevenir", com Andrea Almeida.
14h - 14h30 - "Cuidando do familiar com AVC em casa", com Magda Perez.
15h - 15h30 - "Cuidado multiprofissional do paciente no pós-AVC", com a equipe multiprofissional da UCE-AVC do HCPA.

Veículo
SIS Saúde

Todos os clippings

Dados de Atendimento
Fone (51) 3217-2002
Av. Ipiranga, 1801 - Porto Alegre/RS - como chegar

Horário de Visitas
Unidade de Tratamento Intensivo - UTI: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 10h às 10h30min (leitos pares UTI); Horário: das 16h às 16h30min (leitos ímpares UTI).

Emergência: das 11h às 11h20min.

Unidade de Internação: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 16h às 17h.

Unidade de Cuidados Especiais - UCE: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 9h às 9h30min.