Home > Para Profissionais da Saúde > Novidades > Clipping > Vacina contra HPV chega a 31% do objetivo no Estado

Vacina contra HPV chega a 31% do objetivo no Estado

03-10-2014

Quase um terço das meninas entre 11 e 13 anos já tomaram a segunda dose da vacina contra o papiloma vírus humano (HPV) no Rio Grande do Sul, que começou a ser aplicada no início do mês passado. A meta é imunizar 243 mil adolescentes no Estado. Cada município tem autonomia para definir a estratégia de vacinação – na primeira etapa, em março e abril, as vacinas foram aplicadas nas escolas. Na Capital, a imunização é nos postos de saúde.

– Ir até as escolas requer um esforço muito grande de logística. A ideia é tornar a vacina parte do calendário usual – explica Benjamin Roitman, coordenador da Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis da Secretaria Municipal da Saúde.

Materiais informativos foram enviados às escolas para que seja reforçada a importância de receber a segunda dose – sozinha, a primeira aplicação não garante a imunização. Segundo Tani Ranieri, coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, haverá uma reunião com os municípios nos próximos dias para avaliar as estratégias adotadas por cada um.

PERCENTUAL NACIONAL ALCANÇA 18,4% DA META

Números do Ministério da Saúde apontam que, em setembro, 914 mil adolescentes em todo o país tomaram a segunda dose da vacina – 18,4% do público-alvo, formado por 4,9 milhões de meninas. No Rio Grande do Sul, o percentual é maior, de 31%. Quem não tomou a primeira dose no início do ano deve procurar os postos de saúde para se imunizar.

A vacina contra o HPV previne o câncer do colo do útero, terceiro tumor mais frequente na população feminina e terceira causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Cada adolescente deverá tomar três doses para completar a proteção: a segunda, seis meses depois da primeira, e a terceira, de reforço, cinco anos após a primeira dose. Neste ano, são vacinadas as adolescentes do primeiro grupo, de 11 a 13 anos. Em 2015, a vacina passa a ser oferecida para as meninas de nove a 11 anos e, em 2016, somente de nove anos.

Veículo
Zero Hora

Todos os clippings

Dados de Atendimento
Fone (51) 3217-2002
Av. Ipiranga, 1801 - Porto Alegre/RS - como chegar

Horário de Visitas
Unidade de Tratamento Intensivo - UTI 8 andar: Somente um visitante por paciente internado, sem revezamento. Horário: das 10h às 10h30min (leitos pares); Horário: das 16h às 16h30min (leitos ímpares).

Emergência: Um visitante por paciente. Horário das 11h às 11h20min (leitos pares); Horário: das 15h30min às 15h50min (leitos ímpares).

Unidade de Internação, pacientes COVID 19(suspeita ou confirmado) e Unidade de Cuidados Especiais - UCE: Visitas Suspensas.