Home > Novidades > Público Geral > Notícias > Whey Protein: aliado ou vilão para a saúde?

Whey Protein: aliado ou vilão para a saúde?

22-01-2018

O Whey Protein leva esse nome porque são proteínas extraídas do soro do leite de vaca. Essas, possuem alto valor nutricional e biológico, contendo aminoácidos essenciais, aqueles que o indivíduo não é capaz de produzir e devem ser adquiridos pela alimentação, pois são necessários para diversas funções do organismo.

As pessoas fisicamente ativas (como praticantes de musculação e exercícios aeróbicos) e, principalmente atletas, precisam ingerir maior quantidade de proteínas que as estabelecidas para indivíduos sedentários, sendo fundamentais para o ganho e manutenção da massa muscular durante a perda de peso.

É importante lembrar que os aminoácidos essenciais estão altamente presentes em diversos alimentos como carne, leite, ovos, trigo, arroz, feijão, etc. As necessidades proteicas diárias podem ser atingidas por meio de uma alimentação equilibrada e, por vezes, não necessita de suplementação, já que o consumo é facilitado na refeição.

O Whey Protein comercialmente pode estar apresentado nas seguintes formas:

  • Isolado: onde o nível de gordura e carboidrato é reduzido ao mínimo, tendo maior percentual de proteínas;
  • Concentrado: mantendo o percentual de carboidrato; e
  • Hidrolisado: onde as proteínas são pré-digeridas com o objetivo de facilitar a digestão e o metabolismo.

Podemos considerar que o alto consumo de proteínas, além da necessidade diária, pode ter como consequência o ganho de peso e a formação de gordura, e não ao ?aumento de massa muscular. Ainda é discutível os malefícios do consumo em excesso a longo prazo, principalmente no que se refere aos efeitos metabólicos e renais.

Deve-se ter cuidado no momento da compra do produto, alguns suplementos que existem no mercado possuem problemas na composição, muitos deles já foram avaliados pelo INMETRO no Brasil e não foram aprovados em teor de proteínas e de carboidratos, além de apresentarem substâncias não declaradas no rótulo, como a cafeína.

Importante esclarecer que o Whey Protein pode ser necessário, mas nunca obrigatório para quem pratica exercício físico. Antes do consumo, é fundamental procurar um profissional da saúde para avaliar as necessidades nutricionais de cada indivíduo, além de planejar uma alimentação equilibrada. O ideal é avaliar caso a caso.

Fonte: Marta Sperafico Batista, nutricionista do Hospital Ernesto Dornelles. CRN: 12927

Todas as notícias

Dados de Atendimento
Fone (51) 3217-2002
Av. Ipiranga, 1801 - Porto Alegre/RS - como chegar

Horário de Visitas
Unidade de Tratamento Intensivo - UTI: das 10h às 10h30min; das 16h às 17h; das 20h30min às 21h


Emergência: das 11h às 11h20min; das 15h30min às 15h50min; e das 21h às 21h20min

Internação: das 9h às 10h; das 16h às 17h; das 20h às 21h

Unidade de Cuidados Especiais - UCE: das 9h às 9h30min; das 15h às 15h30min; das 20h às 20h30min